terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Ser.


Muitas vezes sou o que não se vê,
E sinto o que não demonstro.
Amo sem amar e Odeio sem odiar.
Não amo, amando. Não odeio, odiando.
Mas sou o que você me permitir ser.


Ygor Aguiar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails